Pular para o conteúdo principal

Humor: regras de ouro para tocar em conjunto (Traduzido)


As "regras de ouro para tocar em conjunto" são dicas bem humoradas sobre a prática musical em grupo. Encontrei primeiramente uma lista com 12 tópicos na página da New Horizons Music Studio. Depois descobri uma outra versão (ampliada para 17 itens) na página do guitarrista Elliott Handall . A tradução é livre e com ajuda do Google tradutor.

1- Todos devem tocar a mesma peça.
2- Pare a cada sinal de repetição e discuta em detalhes se deve ou não repetir. O público vai adorar muito!
3- Se você tocar uma nota errada, dê uma olhada desagradável a um de seus parceiros.
4- Mantenha sua tabela de dedilhados à mão. Você sempre pode conversar com os outros.
5- Afine cuidadosamente o seu instrumento antes de tocar. Dessa forma, você pode tocar desafinado a noite toda com a consciência limpa.
6- Leve o tempo que for necessário para virar as páginas.
7- A nota certa na hora errada é uma nota errada (e vice-versa).
8- Se todos se perderem, exceto você, siga aqueles que se perderam.
9- Esforce-se para obter o NPS máximo (NPS= notas por segundo). Dessa forma, você ganha a admiração do incompetente.
10- Marcações de insultos, dinâmicas e ornamentos não devem ser observadas. Eles estão lá apenas para embelezar a pontuação.
11- Se uma passagem for difícil, diminua a velocidade. Se for fácil, acelere. Tudo vai funcionar no final.
12- Se você estiver completamente perdido, pare todos e diga: "Acho que devemos ajustar".
13- Felizes são aqueles que não têm um tom perfeito, pois o reino da música é deles.
14- Se o conjunto tiver que parar por sua causa, explique em detalhes por que você se perdeu. Todos estarão muito interessados.
15- Uma verdadeira interpretação é realizada quando não resta uma nota do original.
16- Quando todo mundo terminar de tocar, você não deve tocar nenhuma nota que tenha deixado.
17- Uma nota errada tocada timidamente é uma nota errada. Uma nota errada tocada com autoridade é uma interpretação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Repertório apresentado no bacharelado em percussão da UFSM (2002-2006)

Ritmos Brasileiros: Ijexá