Pular para o conteúdo principal

O TAMBORIM NA PERCUSSÃO BRASILEIRA

O Tamborim 

A palavra tamborim surge como diminutivo de tambor ou tamborete. Este instrumento é formado por um pequeno aro de madeira ou metal (originalmente de madeira), com cerca de 6 polegadas de diâmetro. O Tamborim pode ter pele de nylon ou couro esticada sobre um dos lados. Ele é tocado com uma baqueta de madeira semelhante às de caixa-clara. O dedo indicador ou qualquer outro dedo da mão que segura o instrumento também percute a pele, por baixo, produzindo notas que completam o fraseado do samba.


Difundido em todo o Brasil como instrumento característico do samba, o tamborim é muito utilizado em conjuntos populares de samba e requisito indispensável nas escolas de samba. A partir da década de 70 tem sido usado com um tipo de vareta múltipla como uma forma de aumentar a intensidade das batidas.
A pele é muito esticada, produzindo um som bastante agudo. Sua técnica de execução inclui, além do uso de baquetas, movimentos parcialmente rotatórios de pulso (fazendo o instrumento chocar-se contra a baqueta) e rápidos abafamentos realizados no fundo da pele pelos dedos da mão que segura o instrumento.
Alguns dos percussionistas que se destacaram no instrumento foram Mestre Marçal, Luna e Eliseu.

LEVADAS DE TAMBORIM

Transcrevi para partitura algumas levadas típicas de tamborim. No livro “Batuque é um privilégio”, do baterista e percussionista Oscar Bolão, encontrei alguns dos exemplos transcritos abaixo. 


Obras consultadas para esta publicação:

BOLÃO, Oscar. Batuque é um privilégio. Irmãos Vitale, 2003.

FRUNGILLO, Mário D. Dicionário de percussão. UNESP, 2003.

Publicações acadêmicas de referência:
Dissertação de mestrado: O USO DO TAMBORIM POR MESTRE MARÇAL: LEGADO E ESTUDO INTERPRETATIVO. Autor: Vinícius de Camargo Barros.:
Para baixar a dissertação acesse: AQUI

Quer fazer download das levadas de Tamborim em PDF? Acesse as PARTITURAS AQUI.

Como praticar?
Utilize a base do samba (áudio) que disponibilizei abaixo para praticar as levadas de tamborim descritas na imagem.

Grande abraço.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Repertório apresentado no bacharelado em percussão da UFSM (2002-2006)

Ritmos Brasileiros: Ijexá