Pular para o conteúdo principal

Chick Corea Improvisation Advice

A imagem a seguir foi compartilhada em redes sociais por diferentes artistas. Ela é creditada ao músico Chick Corea. Porém não tenho certeza sobre a veracidade disso. De qualquer forma, são boas dicas para pensarmos sobre o estudo e a prática da improvisação, especialmente em grupo.

Fiz uma tradução para o português das 16 dicas (o que fazer/o que não fazer) listadas na imagem. Desculpem qualquer erro na tradução, meu inglês é fraco.


Dicas para improvisação.

1- Tocar Apenas o que você ouve.

2- Se você não ouvir nada, não toque nada.

3- Não deixe seus dedos e membros vagarem - coloque-os intencionalmente.

4- Não improvise infinitamente - toque algo com intenção, desenvolva-o ou não, mas depois termine, faça uma pausa.

5- Deixe espaço - crie espaço - crie intencionalmente lugares onde você não toca.

6- Faça o seu som se misturar. Ouça o seu som e ajuste-o para o resto da banda e da sala.

7- Se você tocar mais de um instrumento por vez, como um kit de bateria ou vários teclados, verifique se estão equilibrados.

8- Não faça nenhuma música mecanicamente ou apenas através de padrões (patterns/licks). Crie cada som, frase e peça - deliberadamente.

9- Guie suas escolhas do que tocar pelo que você gosta - não pelo que as outras pessoas vão pensar.

10- Use o contraste e equilibre os elementos: alto / baixo, rápido / lento, alto / suave, tenso / relaxado, denso / escasso.

11- Toque para fazer com que os outros músicos soem bem. Toque coisas que farão com que a música geral pareça boa.

12- Brinque com um corpo relaxado. Sempre libere a tensão para criar.

13- Crie espaço - comece, desenvolva e termine frases com intenção.

14- Nunca bata no seu instrumento - toque-o com facilidade e graça.

15- Crie espaço - depois coloque algo nele.

16- Use a imitação escassamente - principalmente crie frases que contrastem e desenvolvam as frases dos outros músicos.

É importante lembrar que Chick Corea é um baterista muito bom e o que ele escreve aqui pode se aplicar à bateria.

Abraço.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Repertório apresentado no bacharelado em percussão da UFSM (2002-2006)

Ritmos Brasileiros: Ijexá