Pular para o conteúdo principal

Postagens

John Cage: 10 regras para alunos e professores

Cage, 10 Rules for Students and Teachers RULE ONE: Find a place you trust, and then try trusting it for a while. RULE TWO: General duties of a student: pull everything out of your teacher ; pull everything out of your fellow students. RULE THREE: General duties of a teacher: pull everything out of your students. RULE FOUR: Consider everything an experiment. RULE FIVE: Be self-disciplined: this means finding someone wise or smart and choosing to follow them. To be disciplined is to follow in a good way. To be self-disciplined is to follow in a better way. RULE SIX: Nothing is a mistake. There’s no win and no fail, there’s only make. RULE SEVEN: The only rule is work. If you want it to lead to something. It’s the people who do all of the work. RULE EIGHT: Do not try to create and analyze at the same time. They’re different processes. RULE NINE: Be happy whenever you can manage it. Enjoy yourself. It’s lighter than you think. RULES: We’re breaking all the rules. Even our own rules. And ho

Litofone: instrumento musical de pedra

O litofone é um instrumento musical construído com barras de pedra (em algumas culturas é conhecido como fonolitos). Podemos dizer resumidamente que Litofones são pedras que vibram e produzem som. Os chineses antigos gostavam de carrilhões de pedra, muitos dele foram encontrados em túmulos chineses antigos. Nos tempos posteriores os chineses fizeram carvões de pedra de jade. Esse instrumento pode ser tocado com baquetas em forma de martelo. Ele é composto por uma ou mais pedras dispostas em forma de escala. As notas podem ser tocadas de forma simultânea (produzindo uma base harmônica) ou em sucessão (melodicamente). O instrumento costuma ter a disposição de notas semelhante ao xilofone e a marimba História do Litofone Desde tempos remotos têm-se notícias da utilização dos litofones, principalmente na região da Indochina (sudeste asiático). Os litofones  ainda são usados em igrejas Etíopes e quase exclusivamente para cerimônias religiosas em comunidades locais da Indochina. Em alguns te

Grupo Iluminura - UFPel

O Iluminura é um grupo interdisciplinar dedicado a pratica da pesquisa e performance didático-musical. É uma iniciativa de musicistas professores dos cursos de bacharelado e licenciatura em música do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Atualmente é formado por: Marcelo Borba (percussão), Werner Ewald (flautas), João Straub (alaúde), Leonora Oxley (canto), Carlos Soares (violoncelo). O grupo iniciou seu trabalho em março de 2016 e tem atuado em diversos espaços culturais de Pelotas e região Sul, tais como: Semana acadêmica dos cursos de música; Encontros acadêmicos promovidos pelo Centro de Artes; Festival SESC de música, entre outros. O grupo Iluminura também constitui uma atividade formal de pesquisa em música na UFPel. O projeto está articulado aos trabalhos do Grupo de Pesquisa em Ciências Musicais (CIMUS-UFPel) através do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Disponível em: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3924168350421561

Precisamos aprender a estudar?

De nada adianta termos milhares de métodos e partituras se não conseguimos estudá-las de forma adequada. Por mais que esteja facilitado o acesso a materiais didáticos e múltiplas fontes de informação, ainda não temos atalho ao esforço necessário para aprender algo. Aprender música também requer esforço. Formar um corpo para habilidade musical ainda precisa de dias, meses e anos de prática e estudo. Para melhorar nossos resultados e ampliar o desenvolvimento musical é fundamental otimizar os momentos de estudo. Dicas para melhorar o aproveitamento do tempo de estudo A seguir, algumas dicas que talvez contribua para melhorar a qualidade do tempo que dispomos para estudar: A) Faça um cronograma de estudos com objetivos bem definidos. Organize os temas de trabalho em uma agenda. Elabore programações realistas para que você não desanime. Pense, onde quer chegar? Esteja aberto(a) para mudanças, caso seja necessário. B) Crie tópicos com o que você considera fundamental; Escreva sobre o que ap